Programa dos cursos técnicos

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E PLANEJAMENTO DIDÁTICO DOS NOSSOS CURSOS ABERTOS E IN COMPANY

 

1) TRANSPORTES INTERNACIONAIS E UNITIZAÇÃO DE CARGAS (ou outro título desejado)

2) TRANSPORTE MARÍTIMO INTERNACIONAL E UNITIZAÇÃO DE CARGAS (ou outro título desejado)

3) UNITIZAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DE CARGA MARÍTIMA E AÉREA( ou outro título desejado)

4) LOGÍSTICA DE TRANSPORTE INTERNACIONAL (ou outro título desejado)

5) INCOTERMS® 2010 (ou outro título desejado)

6) SEGUROS NO COMÉRCIO EXTERIOR E A IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM (ou outro título desejado)

7) CONTRATOS INTERNACIONAIS DE COMPRA E VENDA (ou outro título desejado)

8) CARTA DE CRÉDITO, PUBL. 600 E DOCUMENTOS NO COMÉRCIO EXTERIOR (ou outro título desejado)

9) PASSO A PASSO DO COMÉRCIO EXTERIOR ou ABC DO COMÉRCIO EXTERIOR ou INTRODUÇÃO AO COMÉRCIO EXTERIOR (ou outro título desejado)

1) TRANSPORTES INTERNACIONAIS E UNITIZAÇÃO DE CARGAS (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 12-16 HORAS 

I – OBJETIVOS 

Levar ao aluno conhecimento sobre o mercado internacional de transporte e unitização de cargas; Estimulá-lo a conhecer e refletir sobre os meios de transporte e como usá-los, facilitando ao mesmo adequar-se às mudanças contínuas da área; Auxiliá-lo a desenvolver a unitização de carga para o transporte e a logística, de acordo com aquilo que é utilizado pelo mercado 

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Introdução ao estudo do transporte

– visão geral: história, atualidade e futuro

– tipos de modos: aquaviário, terrestre e aéreo – matriz de transporte

2. Incoterms®2020, transporte intermodal, multimodal e transbordo 

– Incoterms® no transporte e logística: termos, modos, grupos

– operações especiais de transporte: intermodal, multimodal, OTM, transbordo de carga

3. Unitização de carga marítima

– conceito, vantagens, cargas, transporte, pesos

– equipamentos de unitização: containers, pallets, big bags, outros

a-Pallets

– estrutura, tipos, características e vantagens

– paletização, fixação da carga (cintas, shrink, stretch)

– equipamentos de movimentação (pisos, embarques e desembarques)

b-Container

– conceito e história

– padronização, características gerais, medidas, capacidades, módulos

– adequabilidade e escolha do container (20’ ou 40’)

– identificação, tipos, unidades disponíveis e finalidades

– utilização, ocupação (peso ou volume) e fixação do container

– ova e desova, procedimentos gerais

– tipos de serviços (local e responsabilidade pela ova e desova H/H; H/P…; FCL/LCL…)

– demurrage e detention e leasing de container

4. Sistema de transporte aquaviário

a-Transporte marítimo

– características, tipos de navegação (longo curso e cabotagem)

– tipos de linha (regular, não-regular, reserva de praça, booking note)

– fretamento/afretamento (tipos, charter party, demurrage, despatch)

– navios: tipos, equipamentos, porões, etc.

– equipamentos de movimentação de carga (pisos e terminais, embarques e desembarques)

– porto, funcionamento e controle (órgãos intervenientes: internacional e nacional, estrutura física e operacional)

– empresas intervenientes (armador, agência marítima, NVOCC, transitário, despachante, comissárias)

– operações conjuntas (vantagens, desvantagens, conferências de frete, joint service)

– megacarriers, hub ports, feeder ports, feeder vessels

– custos de operação do armador, despesas portuárias (THC/Capatazia)

– fretes: cotação, taxas, sobretaxas, condições de frete (free in and out, free in, free out, liner terms e suas variações), pagamento, AFRMM

– conhecimentos de embarque (bill of lading e sea waybill):  finalidades,consignação, endosso preenchimento, tipos, vias originais, shipper, notify, on board, clean, etc.

b-Transporte fluvial e lacustre

– vantagens, tipos de embarcação, utilização

– bacias hidrográficas brasileiras e vias navegáveis

– complexo fluvial amazônico e Mercosul

5. Transporte aéreo

– tipos de navegação aérea e características

– aeroporto, funcionamento e controle: órgãos intervenientes (Internacional e nacional)

– empresas intervenientes na navegação aérea: companhias aéreas e agentes de carga

– aeronaves: tipos, capacidades, porões de carga

– ULD: equipamentos de unitização: pallets e containers

– fretes: tipos de tarifas: mínima, geral, específica, classificada, para ULD, e formas de pagamento

– cálculo de frete: relação peso e peso-volume; peso bruto, peso taxável (cálculo por peso maior)

– consolidação e unitização de carga

– conhecimentos de embarque: AWB, HAWB, MAWB, valor declarado, finalidades, vias originais, etc.

6. Sistema de transporte terrestre 

– geral: modos, tipos, carga

– legislação para o cone sul e autorização de empresas: licença originária e complementar

a-Transporte rodoviário

– tipos de veículos e capacidades de carga

– características, vantagens e desvantagens

– fretes, cobranças e formas de pagamento

– conhecimento de transporte: CRT; MIC/DTA: uso obrigatório com opção de DTA

b-Transporte ferroviário

– ferrovia no Brasil: comparação com restante do mundo

– tipos, características, vantagens e desvantagens;

– privatização das operações

– veículos: tipos e capacidades de carga, bitolas (problemas e soluções)

– fretes, cobranças e formas de pagamento

– conhecimento de transporte: TIF/DTA

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO 

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS e GERAIS

IV– BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. Transportes, Unitização e Seguros internacionais de carga-prática e exercícios. São Paulo: Aduaneiras, 2020

 

2) TRANSPORTE MARÍTIMO INTERNACIONAL E UNITIZAÇÃO DE CARGAS (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 08-12 HORAS 

I – OBJETIVOS 

Levar ao aluno conhecimento sobre o mercado internacional de transporte marítimo e unitização de cargas; Estimulá-lo a conhecer e refletir sobre este meio de transporte e como usá-lo, facilitando ao mesmo adequar-se às mudanças contínuas da área; Auxiliá-lo a desenvolver a unitização de carga para o transporte e a logística, de acordo com aquilo que é utilizado pelo mercado 

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Introdução ao estudo do transporte

– visão geral: história, atualidade e futuro

2. Incoterms®2020, transporte intermodal, multimodal e transbordo 

– Incoterms® no transporte e logística: termos, modos, grupos

– operações especiais de transporte: intermodal, multimodal, OTM, transbordo de carga

3. Unitização de carga marítima

– conceito, vantagens, cargas, transporte, pesos

– equipamentos de unitização: containers, pallets, big bags, outros

a-Pallets

– estrutura, tipos, características e vantagens

– paletização, fixação da carga (cintas, shrink, stretch)

– equipamentos de movimentação (pisos, embarques e desembarques)

b-Container

– conceito e história

– padronização, características gerais, medidas, capacidades, módulos

– adequabilidade e escolha do container (20’ ou 40’)

– identificação, tipos, unidades disponíveis e finalidades

– utilização, ocupação (peso ou volume) e fixação do container

– ova e desova, procedimentos gerais

– tipos de serviços (local e responsabilidade pela ova e desova H/H; H/P…; FCL/LCL…)

– demurrage e detention e leasing de container

4. Transporte marítimo

– características, tipos de navegação (longo curso e cabotagem)

– tipos de linha (regular, não-regular, reserva de praça, booking note)

– fretamento/afretamento (tipos, charter party, demurrage, despatch)

– navios: tipos, equipamentos, porões, etc.

– equipamentos de movimentação de carga (pisos e terminais, embarques e desembarques)

– porto, funcionamento e controle (órgãos intervenientes: internacional e nacional, estrutura física e operacional)

– empresas intervenientes (armador, agência marítima, NVOCC, transitário, despachante, comissárias)

– operações conjuntas (vantagens, desvantagens, conferências de frete, joint service)

– megacarriers, hub ports, feeder ports, feeder vessels

– custos de operação do armador, despesas portuárias (THC/Capatazia)

– fretes: cotação, taxas, sobretaxas, condições de frete (free in and out, free in, free out, liner terms e suas variações), pagamento, AFRMM

– conhecimento de embarque (bill of lading e sea waybill):  finalidades,consignação, endosso, preenchimento, tipos, vias originais, shipper, notify, on board, clean, etc. 

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO 

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS e GERAIS

IV– BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. Transportes, Unitização e Seguros internacionais de carga-prática e exercícios. São Paulo: Aduaneiras, 2020

 

3) UNITIZAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DE CARGA MARÍTIMA E AÉREA (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 8 HORAS 

I – OBJETIVOS

Levar ao aluno conhecimento sobre o mercado internacional de transporte e unitização e consolidação de carga marítima e aérea; Estimulá-lo a conhecer e refletir sobre os meios de unitização e consolidação  de carga, e como usá-los, facilitando ao mesmo adequar-se às mudanças contínuas da área dentro da área; Auxiliá-lo a desenvolver a unitização de carga para o transporte e a logística, de acordo com aquilo que é utilizado pelo mercado

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Introdução ao estudo do transporte

– visão geral: história, atualidade e futuro

– tipos de modos: aquaviário, terrestre e aéreo – matriz de transporte

2. Incoterms®2020, transporte intermodal, multimodal e transbordo

– Incoterms® no transporte e logística: termos, modos, grupos

– operações especiais de transporte: intermodal, multimodal, OTM, transbordo de carga

3. Unitização de carga marítima

– conceito, vantagens, cargas, transporte, pesos

– equipamentos de unitização: containers, pallets, big bags, outros

a-Pallets

– estrutura, tipos, características e vantagens

– paletização, fixação da carga (cintas, shrink, stretch)

– equipamentos de movimentação (pisos, embarques e desembarques)

b-Container

– conceito e história

– padronização, características gerais, medidas, capacidades, módulos

– adequabilidade e escolha do container (20’ ou 40’)

– identificação, tipos, unidades disponíveis e finalidades

– utilização, ocupação (peso ou volume) e fixação do container

– ova e desova, procedimentos gerais

– tipos de serviços (local e responsabilidade pela ova e desova H/H; H/P…; FCL/LCL…)

– demurrage e detention e leasing de container

4. Transporte marítimo

– navios porta-containers

– bays, rows, tiers, slots,  (baias, colunas, camadas, posição de container)

– equipamentos de movimentação de carga: pisos e terminais, embarques e desembarques

– NVOCC

5. Transporte aéreo

– aeronaves: tipos, capacidades, porões de carga

– ULD: equipamentos de unitização: pallets e containers

– consolidação e unitização de carga

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS e GERAIS

IV– BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. Transportes, Unitização e Seguros internacionais de carga-prática e exercícios. São Paulo: Aduaneiras, 2020

 

4) LOGÍSTICA DE TRANSPORTE INTERNACIONAL (ou outro desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 08-12 HORAS

 I – OBJETIVOS

Transmitir ao aluno conhecimento para que ele possa atuar na logística de transporte internacional; Desenvolver alternativas de transporte entre todos os modos existentes para a entrega da carga e adequá-las à sua empresa; Estimular o aluno a conhecer e refletir sobre as logísticas de transporte possíveis e como usá-las, facilitando ao mesmo adequar-se às mudanças contínuas dentro da área

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Introdução à logística, modos de transporte e Incoterms®

– introdução ao estudo da logística: atividade multimilenar

– breve visão dos modos de transporte e unitização de carga

– breve estudo dos Incoterms®2020

– a importância dos Incoterms® na logística

2. Importância da logística, globalização e preços

– importância atual da logística

– globalização visível e a logística

– novo paradigma dos preços das mercadorias e a logística

3. Importância do container, multimodalidade e intermodalidade, transbordo e empresas de serviços

– container: a vedete da unitização, logística e globalização

– importância da multimodalidade, intermodalidade e transbordo

– empresas de serviços para a logística

4. A logística em ação, com 2 cases e uma nova visão logística – o avião

– a logística de transporte em toda a sua plenitude: exemplo de uma exportação São Paulo / Moscou

– a logística de transporte vencendo a guerra: UNEF – a saga do frango no Iraque

– o avião como o futuro da logística de transporte

5. Custos logísticos

– custos logísticos: gerais e circunstanciais

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS

IV – BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. Logística de transporte internacional – veículo prático de competitividade. São Paulo: Aduaneiras, 2020

 

5) INCOTERMS® 2020 (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 08 HORAS

I – OBJETIVOS 

Transmitir ao aluno conhecimento sobre o Incoterms®2020; Levar conhecimento suficiente para que possa atuar com desembaraço no comércio exterior, conhecendo detalhes e o processo administrativo e funcional das condições de venda; Ensinar e discutir cada termo dos Incoterms®, facilitando o entendimento das vendas e a logística de transporte internacional; Aprender a utilizar os Incoterms® como princípio de qualquer logística de transporte internacional; Mostrar a realidade operacional de cada termo utilizado nas vendas internacionais 

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. O que é, a importância, e objetivos dos Incoterms®2020

– CCI – Câmara de Comércio Internacional – Paris

– importância e objetivo: divisão de custos e riscos entre vendedor e comprador

– utilização nos contratos de compra e venda

– os 11 termos que o compõem

– versões e revisões: por que ocorrem – usos e costumes

– alterações básicas na versão 2020

– escolha do termo e utilização nos contratos de compra e venda

– custos de cada termo: divisão entre vendedor e comprador

– riscos de cada termo: divisão entre vendedor e comprador

– entendimento da divisão de custos e riscos nos termos do grupo “C” (CPT – CFR – CIP – CIF)

– contratação ou organização do transporte: obrigações de cada parte

– termos que obrigam a contratação do seguro e seus tipos

– termos que não obrigam a contratação do seguro: apenas responsabilizam uma das partes

– como usar os termos equivalentes (FCA/FOB – CPT/CFR – CIP/CIF)

– solução por arbitragem na ICC-Paris

– explicação dos termos usados (transportador, documento de entrega, requisitos de segurança, etc.)

– Incoterms® como princípio de um processo logístico: divisão da logística entre as partes

2. Estrutura do Incoterms® e como tem que ser lido (dar a vara de pescar e não o peixe)

– introdução e notas explicativas aos usuários

– divisão em grupos de modos de transporte: os aquaviários e aqueles para todos os modos

– divisão em grupos para seguro: obrigação e responsabilidade

– divisão em grupos para entrega e seu entendimento

– vendas em string (principalmente commodities)

– os riscos na utilização dos termos do grupo “D” (DAP – DPU – DDP)

– apresentação dos artigos de obrigações do vendedor e comprador

– obrigações resumidas do vendedor e do comprador

– estrutura de cada termo dos Incoterms®: espelho perfeito

– maneira correta e única ler os Incoterms® para entender

3. Estudo direto do Incoterms® e discussão de seus termos

– disposições gerais para todos os termos

– disposições termo a termo

4. Gráfico e tabela de custos e riscos

– demonstração gráfica do uso e divisão de riscos dos Incoterms®

– estudo da tabela de custos e riscos entre vendedor e comprador

5. Termos problemáticos no Brasil e termos de versões mais antigas

– Incoterms® problemáticos no Brasil

– termos de versões mais antigas

– outros termos fora dos Incoterms® e problemas na sua utilização

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO 

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS E GERAIS

V – BIBLIOGRAFIA BÁSICA 

KEEDI, Samir. Transportes, unitização e seguros internacionais de carga-prática e exercícios. São Paulo: Aduaneiras, 2020

 

6) SEGUROS NO COMÉRCIO EXTERIOR E A IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 06-08 HORAS

I – OBJETIVOS

Levar ao aluno conhecimento suficiente para que possa atuar com desembaraço no mercado internacional, dando a conhecer detalhes do processo administrativo e funcional do seguro; Apresentar os diversos tipos de seguro no transporte internacional de carga e mostrar os diversos tipos de embalagens, como são afetadas no transporte e a escolha adequada para o comércio exterior. 

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 

1. Seguros 

a. Seguro de mercadorias

– importância do seguro e história

– sistema nacional de seguro privado

– intervenientes e partes envolvidas no seguro, contratação de seguro

– conceitos básicos de seguro (segurado, beneficiário, prêmio de seguro, risco, sub-rogação, etc.)

– contratação de seguro: do que depende e valor

– obrigatoriedade ou não de contratação de seguro no Brasil (importação CIF/CIP)

– cálculo de seguro

– documentos de seguro (apólice, certificado)

– avarias simples e grossa (involuntária e voluntária), vistoria e indenização

– divisão e repasse de seguro (cosseguro, resseguro)

– seguro de transporte

– condições gerais, coberturas básicas restritas (C, B) e ampla (A), e prejuízos não-indenizáveis

– início e fim dos riscos e liquidação de sinistros

– cláusulas básicas específicas

– coberturas adicionais (impostos, lucros, classificação de navios, guerra, etc.)

– seguro de transporte aéreo sem valor declarado

b. Seguro do transportador

– rodoviário (veículos, responsabilidade civil obrigatória e facultativa)

– aéreo (seguro aeronáutico, responsabilidade civil)

– navios (seguro de casco, responsabilidade civil)

– clubes de P&I (Protection and Indemnity Clubs) dos armadores

2. Importância da embalagem em si e para o seguro

– importância para a montagem do prêmio de seguro

– como fator de proteção da mercadoria

– movimentos que podem afetar as embalagens

– função de comercialização

– embalagens primária, secundária e terciária

– embalagem para mercado interno e externo e materiais

– proteção das embalagens

– simbologia e identificação (marcação, numeração, pesos, etiquetas) 

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATASHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS E GERAIS

IV – BIBLIOGRAFI BÁSICA

KEEDI, Samir. Transportes, unitização e Seguros internacionais de carga-prática e exercícios. São Paulo: Aduaneiras, 2020

 

7) CONTRATOS INTERNACIONAIS DE COMPRA E VENDA (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 24-32 HORAS

I – OBJETIVOS

Transmitir ao aluno informações básicas sobre comércio exterior, importância, valores, principais órgãos intervenientes e balanço de pagamentos e suas contas. Conhecimentos sobre globalização, integração dos países e blocos econômicos e acordos do Brasil. Mostrar basicamente os aspectos legais e operacionais, e os caminhos do comércio exterior, o desconhecido e as atividades que se pode exercer na área. Levar o aluno a conhecer no básico os Incoterms® 2020, as condições de pagamentos e documentos no comércio exterior, noções de transportes internacionais e seguros no comércio exterior.

Mostrar aos alunos a importância da carta de crédito numa transação internacional de mercadorias. Transmitir conhecimentos sobre a UCP 600 e a eUCP da ICC-Paris e como usá-las. Demonstrar a interação entre as UCP 600, eUCP, carta de crédito e os documentos de comércio exterior. Orientar a emissão dos documentos solicitados pelo importador na carta de crédito. Mostrar aos participantes os documentos relativos ao comércio exterior: do exportador, entidades externas, de transportes marítimo, aéreo, rodoviário e seguro.

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Comércio exterior, suas motivações, importância e principais órgãos intervenientes

– o que é exportar e importar e suas motivações

– importâncias do comércio exterior, exportação e importação

– valores do comércio exterior mundial e brasileiro

– principais órgãos intervenientes internacionais e nacionais

2. Aspectos legais, operacionais e classificação de mercadorias

– território aduaneiro: zonas primária e secundária

– documentos e licenças internos

– restrições tarifárias e não-tarifárias e seus motivos

– noções superficiais de classificação de mercadorias

3. Globalização, integração, blocos econômicos e acordos do Brasil e Contas nacionais

– globalização visível

– integração: preferência tarifária, livre comércio, união aduaneira, mercado comum e união econômica

– principais blocos econômicos e acordos no mundo

– acordos do Brasil e do Mercosul

– balanço de pagamentos: transações correntes (balanças comercial e de serviços) e conta de capitais

 4. Caminhos do comércio exterior, o desconhecido e atividades

– maneiras de apresentação e negociação

– formas de venda e compra

– o desconhecido: dificuldades e exemplos

– atividades exercidas no comércio exterior

5. Condições de venda e entrega – RAFTD 1941 (EUA) e Incoterms® 2020

– RAFTD 1941 (definições revisadas do comércio exterior norte-americano)

– Incoterms® 2010

– o que são e suas importâncias

– divisão em grupos de entrega, transportes e seguros

6. Noções de câmbio

– troca de moedas, taxas, paridade, etc.

7. Transportes internacionais e seguros

– noções de transporte

– cargas e formas de transporte

– sistema de transporte aquaviário

– transporte aéreo

– sistema de transporte terrestre

– introdução ao seguro

– seguros da carga: coberturas básicas e adicionais

– seguros do transportador

8. Condições de pagamento

– pagamento antecipado

– pagamento contra documentos (remessa, remessa sem saque, cobrança à vista, à prazo, limpa)

– pagamento contra carta de crédito

9. Carta de crédito

– o que é a carta de crédito

– qual seu objetivo e importância no comércio exterior

– vantagens e desvantagens

– definições e interpretações

– quando deve ocorrer sua abertura

– o que fazer se o importador atrasar sua abertura

– o que a carta de crédito deve solicitar

– vinculação e utilização

– banco de primeira linha

– confirmação da carta de crédito em face do comprador e/ou do país

– restrita ou livremente utilizável

– apresentação dos documentos em banco no país do beneficiário ou do importador

– pagável contra documentos

– não leva em conta mercadoria e contrato

– discrepâncias em documentos

– o que é emenda e quando solicitar

– análise da carta de crédito pelo beneficiário

– bancos emissor, avisador e confirmador

– aplicante e beneficiário

– interlocutor do banco emissor

– revogável ou irrevogável

– transferência da carta de crédito

– embarque parcial

– transbordo, porto, aeroporto ou local de embarque e desembarque

– prazo de pagamento

– descrição da mercadoria na fatura comercial e outros documentos

– valor, preço unitário, quantidade e tolerâncias

– documentos solicitados, originais e cópias

– datas do crédito e da emissão de documentos

– documentos legalizados ou autenticados

– consignação de conhecimentos e endosso, saque, aviso e contratação de seguro

– saque contra o banco e não contra o importador

– datas de validade e embarque

– período de apresentação de documentos

– instruções ao banco e remessa de documentos

– pagamento, reembolso e despesas bancárias

– conferência de documentos pelo banco e prazo

– força maior e prorrogação automática da carta de crédito

– garantias na operação

– tipos especiais de crédito: back to back; revolving; red clause; green clause

– standby L/C ou carta de crédito

– MT 700 para emissão de crédito

– modelo e análise de L/C

– roteiro para análise

10. UCPDC 600, eUCP, PUBL. 745

– análise da UCP 600 e eUCP

– pagamento, pagamento diferido, aceite, negociação

– pagamento em geral nos EUA

– documentos para banco emissor e pagamento por outro

– artigos e partes intervenientes

– o que é a PUBL. 745

11. Contratos de compra/venda, documentos comerciais e financeiro e emitidos por entidades externas

– contratos de compra e venda, agente, representante, garantias, fatura pro forma

– documentos comerciais e financeiro (fatura comercial, saque)

– documentos de embalagem e peso

– certificados de origem

– documentos e certificados de inspeção, análise, sanitários, abate islâmico

– declarações de mercadorias perigosas e declarações e certificados diversos

12. Documentos de transporte marítimo

– bill of lading e sea waybill: importância, consignação, originais, pagamentos de frete, on board, limpo, etc.

– FCR-forwarding certificate of receipt

– booking note, charter party

– manifesto de carga, plano de estiva, tally sheet, hatch list

– mate’s receipt, NOR, statements of facts,

– termo de responsabilidade pelos containers

– outros

 13. Documentos de transporte aéreo

– airway bill: importância, preenchimento, originais, consignação, pagamentos de frete, etc.

– awb

– hawb

– mawb

– conhecimento com valor declarado ou não e como certificado de seguro

 14. Documentos de transporte rodoviário

– conhecimento de embarque: importância, preenchimento, consignação, frete, originais, etc.

– mic/dta

15. Documentos de Transporte Ferroviário

– conhecimento de embarque: importância, preenchimento, consignação, originais, etc.

– tif/dta

16. Documentos de seguro

– apólice de seguro

– certificado de seguro

 17. Legalização, fatura consular, emissão, apresentação, remessa

– providências para obtenção de documentos

– legalização e vistos oficiais em documentos

– fatura consular e certificados de origem

– entrega de documentos ao banco, carta remessa e envio ao exterior

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS e GERAIS

IV – BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. ABC do comércio exterior-abrindo as primeiras páginas. São Paulo: Aduaneiras, 2020

KEEDI, Samir. Documentos no comércio exterior, a carta de crédito e a Publicação 600 da CCI. São Paulo: Aduaneiras, 2018

 

8) CARTA DE CRÉDITO, PUBL. 600 E DOCUMENTOS NO COMÉRCIO EXTERIOR (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 16-24 HORAS 

I – OBJETIVOS

Mostrar aos alunos a importância da carta de crédito numa transação internacional de mercadorias; Transmitir conhecimentos sobre a UCP 600 e a eUCP da ICC-Paris e como usá-las; Demonstrar a interação entre as UCP 600, eUCP, carta de crédito e os documentos de comércio exterior; Orientar a emissão dos documentos solicitados pelo importador na carta de crédito; Mostrar aos participantes os documentos relativos ao comércio exterior: do exportador, de entidades externas, de transportes marítimo, aéreo, rodoviário, ferroviário e seguro

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Condições de pagamento

– pagamento antecipado

– pagamento contra documentos (remessa, remessa sem saque, cobrança à vista, à prazo, limpa)

– pagamento contra carta de crédito

2. Carta de crédito

– o que é a carta de crédito

– qual seu objetivo e importância no comércio exterior

– vantagens e desvantagens

– definições e interpretações

– quando deve ocorrer sua abertura

– o que fazer se o importador atrasar sua abertura

– o que a carta de crédito deve solicitar

– vinculação e utilização

– banco de primeira linha

– confirmação da carta de crédito em face do comprador e/ou do país

– restrita ou livremente utilizável

– apresentação dos documentos em banco no país do beneficiário ou do importador

– pagável contra documentos

– não leva em conta mercadoria e contrato

– discrepâncias em documentos

– o que é emenda e quando solicitar

– análise da carta de crédito pelo beneficiário

– bancos emissor, avisador e confirmador

– aplicante e beneficiário

– interlocutor do banco emissor

– revogável ou irrevogável

– transferência da carta de crédito

– embarque parcial

– transbordo, porto, aeroporto ou local de embarque e desembarque

– prazo de pagamento

– descrição da mercadoria na fatura comercial e outros documentos

– valor, preço unitário, quantidade e tolerâncias

– documentos solicitados, originais e cópias

– datas do crédito e da emissão de documentos

– documentos legalizados ou autenticados

– consignação de conhecimentos e endosso, saque, aviso e contratação de seguro

– saque contra o banco e não contra o importador

– datas de validade e embarque

– período de apresentação de documentos

– instruções ao banco e remessa de documentos

– pagamento, reembolso e despesas bancárias

– conferência de documentos pelo banco e prazo

– força maior e prorrogação automática da carta de crédito

– garantias na operação

– tipos especiais de crédito: back to back; revolving; red clause; green clause

– standby L/C ou carta de crédito

– MT 700 para emissão de crédito

– modelo e análise de L/C

– roteiro para análise

3. UCPDC 600, eUCP, PUBL. 745

– análise da UCP 600 e eUCP

– pagamento, pagamento diferido, aceite, negociação

– pagamento em geral nos EUA

– documentos para banco emissor e pagamento por outro

– artigos e partes intervenientes

– o que é a PUBL. 745

4. Contratos de compra/venda, documentos comerciais e financeiro e emitidos por entidades externas

– contratos de compra e venda, agente, representante, garantias , fatura pro forma

– documentos comercial e financeiro (fatura comercial, saque)

– documentos de embalagem e peso

– certificados de origem

-documentos e certificados de inspeção, análise, sanitários, abate islâmico

– declarações de mercadorias perigosas e declarações e certificados diversos

5. Documentos de transporte marítimo

-bill of lading e seaway bill: importância, consignação, originais, pagamentos de frete, on board, limpo, etc.

-FCR-forwarding certificate of receipt

-booking note, charter party

-manifesto de carga, plano de estiva, tally sheet, hatch list

-mate’s receipt, NOR, statement of facts

– termo de responsabilidade pelos containers

– outros

6. Documentos de Transporte Aéreo

– airway bill: importância, preenchimento, originais, consignação, pagamentos de frete, etc.

– awb

– hawb

– mawb

– conhecimento com valor declarado ou não e como certificado de seguro

7. Documentos de Transporte Rodoviário

– conhecimento de embarque: importância, preenchimento, consignação, originais, etc.

– mic/dta

8. Documentos de Transporte Ferroviário

– conhecimento de embarque: importância, preenchimento, consignação, originais, etc.

– tif/dta

9. Documentos de Seguro

– apólice de seguro

– certificado de seguro

10. Legalização, fatura consular, emissão, apresentação, remessa

– providências para obtenção de documentos

– legalização e vistos oficias em documentos

– fatura consular e certificados de origem

– entrega de documentos ao banco, carta remessa e envio ao exterior

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS e GERAIS

IV – BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. Documentos no comércio exterior, a carta de crédito e a Publicação 600 da CCI. São Paulo: Aduaneiras, 2018

 

9) PASSO A PASSO DO COMÉRCIO EXTERIOR ou ABC DO COMÉRCIO EXTERIOR ou INTRODUÇÃO AO COMÉRCIO EXTERIOR (ou outro título desejado)

29032020

CARGA HORÁRIA: 08-12 HORAS

I – OBJETIVOS

Transmitir ao aluno informações básicas sobre comércio exterior, importância, valores, principais órgãos intervenientes e balanço de pagamentos e suas contas; Conhecimentos sobre globalização, integração dos países e blocos econômicos e acordos do Brasil; Mostrar basicamente os aspectos legais e operacionais, e os caminhos do comércio exterior, o desconhecido e as atividades que se pode exercer na área; Levar o aluno a conhecer no básico os Incoterms® 2020, as condições de pagamentos e documentos no comércio exterior, noções de transportes internacionais e seguros no comércio exterior

II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Comércio exterior, suas motivações, importância, valores e principais órgãos intervenientes

– o que é exportar e importar e suas motivações

– importâncias do comércio exterior, exportação e importação

– valores do comércio exterior mundial e brasileiro

– principais órgãos intervenientes, internacionais e nacionais

2. Aspectos legais, operacionais e classificação de mercadorias

– território aduaneiro: zonas primária e secundária

-documentos e licenças internos

– restrições tarifárias e não-tarifárias e seus motivos

– noções superficiais de classificação de mercadorias

3. Globalização, integração, blocos econômicos e acordos do Brasil e Contas nacionais

– globalização visível

– integração: preferência tarifária, livre comércio, união aduaneira, mercado comum e união econômica

– principais blocos econômicos e acordos no mundo

– acordos do Brasil e do Mercosul

– balanço de pagamentos: transações correntes (balanças comercial e de serviços) e conta de capitais

4. Caminhos do comércio exterior, o desconhecido e atividades

– maneiras de apresentação e negociação

– formas de venda ou compra

– o desconhecido: dificuldades e exemplos

– atividades exercidas no comércio exterior

5. Condições de venda e entrega – RAFTD 1941 (EUA) e Incoterms® 2020

– RAFTD 1941 (definições revisadas  do comércio exterior norte-americano)

– Incoterms® 2010

– o que são e suas importâncias

– divisão em grupos de entrega, transportes e seguros

6. Condições de pagamento, documentos de comércio exterior e câmbio

– condições de pagamentos internacionais

– documentos de comércio exterior

– noções de câmbio

7. Transportes internacionais e seguros

– noções de transporte

– cargas e formas de transporte

– sistema de transporte aquaviário

– transporte aéreo

– sistema de transporte terrestre

– introdução ao seguro

– seguros da carga: coberturas básicas e adicionais

– seguros do transportador

III – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

– AULAS EXPOSITIVAS

– PROJEÇÃO DE SLIDES (DATA-SHOW / POWER POINT)

– EXEMPLOS PRÁTICOS E GERAIS

IV – BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KEEDI, Samir. ABC do comércio exterior – abrindo as primeiras páginas. São Paulo: Aduaneiras, 2020

Avatar

Author: Samir Keedi

-Mestre (Stricto Sensu) e pós-graduado (Lato Sensu) em Administração pela UNIP-Universidade Paulista. -Bacharel em Economia pela PUC-Pontifícia Universidade Católica. -Profissional de comércio exterior desde março de 1972. -Especialista em transportes; logística; seguros; incoterms; carta de crédito e suas regras; documentos no comércio exterior; contratos internacionais de compra e venda. -Generalista em várias atividades em comércio exterior. -Consultor em diversos assuntos relativos ao comércio exterior. -Professor universitário de graduação e pós graduação desde 1996. -Professor e instrutor técnico desde 1996. -Palestrante em assuntos de comércio exterior e economia. -Colunista em jornais e revistas especializadas. -Autor de vários livros em comércio exterior. -Tradutor oficial para o Brasil do Incoterms 2000. -Representante do Brasil na CCI-RJ e Paris na revisão do Incoterms 2010.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *